13.1.07

La tormenta

Eu quero ter voz! Quero ser ouvida! Quero falar uma frase até o final sem ser interrompida. Contar uma história inteira sem que se levantem pra tirar os pratos; sem que aumentem o som da tevê... Porque pouco importam as chuvas e as enchentes diante das minhas tormentas!
Quero contar sobre a minha viagem, sobre o livro que eu li e sobre um filme bom que vai estrear. Falar os planos que fiz pro meu ano, os concursos, os estágios; contar um dia cansativo e uma piada que ouvi na rua. Quero falar da vida, religião, política e da minha pele que descasca depois de tanto Sol. Porque é importante pra mim.
E tão importante quanto falar bem é saber ouvir.

2 comentários:

Edson Marques disse...

Stella,

O Acaso e a Doris me trouxeram aqui. Deliciosamente.

Belíssimo, o teu texto de hoje!


Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.


Abraços, flores, estrelas...

Daniel disse...

Fala! Fala muito, descreve o que sentes, pelo que passas porque nasceste com essa caracteristica e deves te expressar para que o mundo te oiça! Acredita, nem todos os anjos são ouvidos mas pelo menos entre nós vamos sabendo da existência uns dos outros... e vamos comentando a vida humana...
Beijo grande e carinhoso!