3.2.14

Verão

  Dezembro: furacão de mim.
  Turbilhão de emoções e idéias. Época de mudanças, de medo. Desfila em meu coração uma bateria com pausas arrítmicas que me fazem morrer por alguns segundos. Desespero pra dentro, num crescente de angústia.
  Cinza.
  E do verão vem uma força que ilumina, trazendo vida a tudo e um cheiro de maresia. O som das ondas me invade de vontade de viver, de ser, estar, ouvir e sentir na intensidade de tudo! O calor me aviva e faz levantar.
  E assim você chega em minha vida - calor de verão com brisa refrescante, perfume de flores do campo. Suave. Carinho que aquieta, que aquece, que enternece.
  Me entrego devagar à doçura que chega de mansinho e que faz limpar meu céu. Nuvens e transtornos se dissipam (ou ao menos se organizam) no sossego de um abraço
.

2 comentários:

eduardo_flu disse...

<3

Rodrigo Alfaia disse...

Muito bom esse post. ;)